Que tal uma feijoada?

Um pouco atrasada, mas, promessa é dívida:


Aqui vai a decoração com cores inusitadas da paleta de cores escolhida, conforme a figura acima. Escolher cores e combinações às vezes é difícil e arriscado, mas sabe uma dica legal? Olhe estampas que goste e as use como referências, pois foi assim que a aniversariante pensou na dela e deu super certo, olha a decoração que saiu para a feijoada:

Foto: Lorena Emerich de Abreu.
Vocês sabem que o objetivo aqui do blog é sempre mostrar que é possível arrumar a casa, decorações e festas sem gastar muito e essa feijoada, não foi diferente, juntou-se tudo que tinha, criatividade e muita “mão na massa” para que ficasse desse jeitinho!

Falando sobre a decoração, não tem como, em primeiro lugar, não dizer: as flores gigantes do painel feitas de papel fizeram o maior sucesso! Além de preencher a decoração com todo seu charme, deixa todo mundo de boca aberta e, o melhor, embora dê um pouco de trabalho, não é difícil de fazer e pretendemos fazer um tutorial ensinando como fazê-las. O que acham?

Flores e topo de bolo, feito de papel canson. Foto: Lorena Emerich de Abreu.
Foto: Lorena Emerich de Abreu.
Depois das flores o quadro negro foi a segunda coisa que mais chamou a atenção dos convidados, pois estava todo escrito com frases sobre a festa e a aniversariante na forma de “Notas sobre #LorenaFaz26”, pois além de ser uma forma de personalizar a festa dando um “título” ao evento, a famosa # (hastag) para o mundo jovem sugerem como as fotos do evento podem ser compartilhadas nas redes sociais, facilitando a busca por aquelas tiradas pelos convidados.

Quadro negro escrito com caneta giz. Foto: Lorena Emerich de Abreu.
Detalhe dos escritos no quadro negro. Foto: Lorena Emerich de Abreu.
Vale dizer que, o quadro, que foi escrito com uma caneta que imita giz (é possível de ser encontrada em boas papelarias), foi escrito pela própria aniversariante que passou um dia se divertindo pesquisando referências na internet e mirabolando as frases divertidas, o que torna os momentos “pré-festas” muito divertidos, ainda mais quando junta a família e cada um se dedica a ajudar um pouco nos preparativos em geral.

Já os troncos de madeira que enfeitaram a festa e serviram de bandejas para os doces foram todos cortados em um sítio de familiares da aniversariante. Então, se você também tem um sítio ou conhece alguém que tenha, tá esperando o que para colocar todo mundo para trabalhar (risos!)? As plantas foram basicamente as samambaias, compradas da feira livre de rua da cidade, e as suculentas na floricultura mais próxima, que já as arrumavam nos potinhos de barro. Já as esteiras do chão e do painel são de um mercado popular e valem super a pena, pois são bem baratas (R$ 15 cada uma).
 
Foto: Lorena Emerich de Abreu. 
Foto: Lorena Emerich de Abreu.
Detalhes. Foto: Lorena Emerich de Abreu.
"Madeiras-bandejas" para doces. Foto: Lorena Emerich de Abreu.
Detalhes da mesa de doces nos trocos e plantas. Foto: Lorena Emerich de Abreu.
Quem não ama suculentas? Foto: Lorena Emerich de Abreu.
Quanto à comida, vamos lá: os docinhos e o bolo foram todos feitos em casa também, acreditem: é possível fazer uma festa todinha sem encomendar nada. Os doces para encomendar são práticos, gostosos e lindos, mas sai muito mais barato se houve o esforço para fazê-los. O mesmo vale para o prato principal, que no caso, foi uma bela de uma feijoada, feita pelos pais da aniversariante. E quanto a bebida: feijoada combinado com cerveja, né? Então pela praticidade e pela família ser fã, escolheram por alguns motivos o chopp ao invés da cerveja. É necessário dizer que o chopp é mais caro do que a cerveja sim, porém, como não havia garçom, achou-se que ficaria mais prático e gostoso que fosse uma máquina de chopp, pensando no sabor e no conforto dos convidados.

As plaquinhas com o sabor dos doces ficam um charme e, no caso, combinaram com o quadro negro que ficava no painel de fundo. Foto: Lorena Emerich de Abreu.

O bolo, feito em casa, assim como o topper feito em uma Shilouette Curio. Foto: Lorena Emerich de Abreu.
E, por fim, aqui vai dica muito importante: depois da bebida e da comida o que é mais importante para deixar a festa “arretada” de boa é a música, a decoração dá um clima, mas é música que envolve! Pensando nisso, fã de um bom sertanejo, a aniversariante se preocupou, além de criar um "canto da música" com um painel de bandeirolas, em rodar os barzinhos da cidade e achar alguém que tocasse bem e não cobrasse muito caro, pois muitos cantores em início de carreira se apresentam em bares para ganhar popularidade e, por isso, ainda tem um preço bem acessível: foi sucesso certo. É claro que se chamar alguém para tocar ainda não for possível dentro do orçamento, preocupe-se, então, em fazer uma boa playlist, aperte o play, cante e dance, já que, sem dúvidas, a animação do anfitrião contagia os convidados!

Vista da decoração completa da feijoada. Foto: Lorena Emerich de Abreu.

Cantor sertanejo no "canto da música". Foto: Lorena Emerich de Abreu.
Espero que tenham gostado, até a próxima pessoal, beijo!